Quitação antecipada de empréstimo: Como Calcular?

Em Outubro de 2009 postei o artigo Juros: As taxas baixaram, compensa negociar um empréstimo? , no qual discuto a nova sistemática para o cálculo utilizado para desconto dos juros futuros quando é efetuada a quitação antecipada de um empréstimo.

As regras estão muito bem definidas pela Resolução 3516 do BACEN, mas como podemos ter a certeza que o cálculo está sendo efetuado dentro da normatização definida pela resolução?

Para a garantia dos direitos dos consumidores bancários e de financeiras o Ministério Público de Santa Catarina disponibilizou uma calculadora on-line para efetuar o cálculo do saldo devedor atual de operações de crédito. Para efetuar o cálculo são necessários vários dados do empréstimo: Data da contratação – Dia de vencimento da parcela – Data da última parcela – valor da prestação e taxa de juro utilizado.

Já efetuei algumas simulações e o valor informado confere com o disponibilizado pelo banco, com pequena diferença de centavos.

Portanto se você pretende quitar ou repactuar alguma operação de crédito e tem dúvidas sobre o saldo devedor que te informaram, efetue o cálculo e decida com tranqüilidade.

Calculadora de Quitação antecipada

About these ads

36 Respostas

  1. Uma ótima contribuição aos que pouco entendem sobre as formas de cálculos dos bancos e financeiras. As informações são objetivas e claras. Parabéns

  2. Prezado Paulo,

    Gostaria de saber se a resolução supracitada do BACEN ainda está em vigor?

    observo que nas operações de portabilidade de empréstimos em folha os bancos , carregam os saldos afim de impossibilitar as operações subsequentes.

    Forte abç e parabéns pelo trabalho..

    J.Luiz

  3. Estou impressionada com a qualidade da informação que vocês dão para nós consumidores. parabenizo e agradeço a todos por esta ferramenta de consulta.

    • Sandra,

      Obrigado pela Visita.

      A idéia é que a maioria das pessoas tenham o básico de informações para que possam decidir sobre sua vida financeira.
      Divulgue para seus amigos e auxilie nesse trabalho.

      Paulo

  4. Isso e um roubo, o pobre precisa fazer emprestimo, e quando vai quitar, e roubado de novo!!!

    • Willian,

      Obrigado pela visita.

      Não considero um roubo, pois no caso do aumento da taxa SELIC o desconto é maior, gerando benefício ao tomador de crédito. Essa medida foi tomada, na visão do BACEN, é diminuir a repactuação de contratos no intuito de evitar o aumento do endividamento.

      Infelizmente na prática isso apenas melhorou a rentabilidade dos contratos pois as reduções nas taxas de empréstimos apenas refletem essa redução automática dos juros futuros na quitação antecipada.

      Paulo

  5. Parabenizo o MP, de Santa Catarina, e o administrador deste Site pela excelente iniciativa de disponibilizar mais uma “arma” ao consumidor q sempre é lesado e muitas vezes passa até despercebido o prejuízo. Abraço

  6. Parabéns por divulgar a ferramenta! E obrigada por todas as infomações!

  7. No calculo a taxa de juros contratada é a taxa do normal do banco ou o custo efetivo total.
    Por exemplo, no boleto para quitação antecipada do emprestimo a taxa de juros informada foi 2,307758%. Mas o custo efetivo mensal e anual foram 2,3948% e 32,8419%.
    Qual a taxa de juros correta a ser utilizada nos cálculos de quitação antecipada de empréstimos?

    • Segundo o que está escrito nesse site:
      “http://www.apfree.com.br/?p=11″

      Para o cálculo da quitação antecipada será sempre utilizado o valor da taxa de juros nominal.

      Existe também uma fórmula de desconto das parcelas que estão para vencer.

      Utilizando as duas formas de cálculo: fórmula do site e ferramenta MPSC, foram obtidos os seguintes valores do valor presente:
      1) fórmula do site = R$ 7901,10
      2) ferramenta MPSC = R$ 8180,58

      Uma diferença de R$ 279,48.
      No boleto para quitação antecipada o valor foi R$ 8126,06.

      A pergunta que ficou foi: “o que fazer diante desses resultados?”
      Pedir a revisão de cálculo para pagar o valor da fórmula do site ou deixar como está para não pagar equivalente ao da ferramenta MPSC?

      • Ampliando o ponto de vista.

        O parágrafo segundo, do Art. 15, da lei 1.046/50 diz que “…o consignante ficará isento dos juros relativos às prestações posteriores ao mês em que se realizar a liquidação.”

        Interpretando (na minha opinião):
        As formas de cálculo tanto do site (citado acima), quanto do MPSC não estariam tão corretas, pois ambas realizam descontos das parcelas que estão para vencer.

        De acordo com a lei aqui citada, esses descontos não existiriam, porque estaríamos ISENTOS dos juros futuros.
        Ou seja, somente pagaríamos os juros referentes ao período de utilização do serviço (empréstimo).

        Se o raciocínio acima estiver correto, ainda há a possibilidade de o valor justo a ser cobrado ser menor do que aqueles estipulados tanto pelo site, quanto pela ferramenta MPSC e pelo banco?

      • Alisson,

        “…ficará isentos dos juros…” e descontos das parcelas que estão para vencer significam a mesma coisa.

        As parcelas das operações de crédito são compostas pela amortização, juros e em casos alguns casos, como o imobiliário, de taxa de administração e seguros. Quando é calculado o “desconto” de juros futuros é exatamente a isenção relativa as prestações posteriores, nas quais somente permanecerá a parte de amortização do capital.

        Abraços

        Paulo

      • Caro Alisson

        Obrigado pela visita.

        Acessei o link que você informou e verifiquei que a fórmula apresenta utiliza apenas a taxa de juros praticada no ato da concessão e desconsidera a variação da SELIC do período entre a concessão e a quitação, como é praticado na calculadora do MPSC.

        Se considerarmos uma taxa de 30% a.a e uma Selic de 12% a.a. na concessão, teremos um spread de 18% a.a., mas se na data de quitação a Selic estiver em 10% a.a. a taxa praticada na concessão de juros será de 28% a.a. (10+18), portanto o desconto será 2% a.a. menor do que o juros de concessão.

        Cabe analisar que ambas as ferramentas servem como parâmetro de comparação e pelos valores apresentados pelo MPSC e do credor está sendo prestado um bom serviço.

        Abraços

        Paulo

      • Deste ponto de vista onde a taxa selic afeta o spread bancario e a amortização futura , da-se então o fim da tabela price , onde poderiamos amortizar sem problemas as ultimas parcelas sabendo quanto tinhamos que pagar na assinatura do contrato agora é uma surpresa ….

      • Edivaldo,

        Sim, o planejamento para quitar uma operação antecipadamente é necessário estar antenado na possibilidade de aumento ou redução da SELIC, considerando sua utilização no cálculo.

        Paulo

      • E se a taxa selic aumentar o meu desconto vai ser maior? neste caso quem arca com a despesa ?

      • Edivaldo,

        Obrigado pela visita.

        No caso de aumento da taxa SELIC a “nova taxa de juros” para o cálculo da quitação antecipada será maior, portanto o desconto também aumenta. Na verdade ninguém “arca” com essa despesa, pois nas regras está previsto este tipo de oscilação.

        Paulo

    • Alisson,

      A taxa de juros utilizada na calculadora on-line é a taxa nominal apresentada no contrato.

      Taxa de Juros Nominal – uma taxa é dita nominal quando é expressa em um período
      financeiro que não coincide com o período da operação.
      Taxa de Juros Efetiva – uma taxa é dita efetiva quando é expressa no mesmo período
      em que irá ocorrer a sua capitalização. Ela é a taxa que,
      de fato, irá ser considerada para o cálculo da operação.

      Abraços,

      Paulo

  8. Fiz um empréstimo consignado no valor total ja incluindo taxas de 8,770 pagando em 48x de 342, iniciei o empréstimo em 10/10/2011. Fui ao banco para fazer a quitação antecipada e me deram o valor de 8.556 para quitação. achei o valor um absurdo e fiz calculo aqui na calculadora e o valor foi de 6,676. o juros por mes foi de 3.31.

    pode me ajudar com isso?

    Muito obrigado.

    • Bruno,

      Efetuei o cálculo considerando que a operação foi contratada em setembro/2011 e com a taxa informada, o valor para quitação hoje seria de aproximadamente R$ 7850,00. Mas calculando o prazo 48 meses, o valor R$ 8770,00 e a parcela de R$ 342,00 cheguei a taxa de 2,95 a.m. de juros nominal e se colocar essa taxa na calculadora o valor para Quitação é de aproximadamente R$ 8.300,00.

      Verifique os dados do contrato e calcule novamente no site do Ministério Público de Santa Catarina: http://portal.mp.sc.gov.br/portal/webforms/frame.aspx?secao_id=442

      Abraços

      Paulo

  9. Paulo, percebo que as dúvidas todas giram em torno da aplicação do art 2º da Resolução 3516 do Bacen. A minha é o seguinte: se considerar o art. 3º desta mesma resolução, que diz que quando as despesas associadas na operação de crédito forem financiadas pela instituição, a taxa a ser considerada deve ser a pactuada no contrato. Então pergunto: A taxa considerada deve ser considerada onde? Neste caso, não se calcula a taxa de desconto para antecipação, é isto?

    Obrigado. Muito boa a sua página.

    • Anivaldo,

      Obrigado pela visita.

      Resolução 3516
      Art. 3º Nas situações em que as despesas associadas à contratação de operação de
      crédito ou de arrendamento mercantil financeiro sejam financiadas pela instituição deve ser
      adotada a mesma taxa de juros contratada para o principal.

      O artigo apenas regulamenta que todos os custos envolvidos ou “embutidos” na operação de crédito devem ter o mesmo desconto que será aplicado no valor principal. Podemos citar o IOF, que na maioria das instituições é direta ou indiretamente financiado junto com o valor solicitado. A mesma taxa de juros de desconto será aplicada tanto no valor principal, quanto no IOF incluído.

      Isso serve para qualquer custo agregado ao valor contratado na operação.

      Abraços,

      Paulo

  10. Boa noite, no meu caso, fiz um empréstimo de R$ 6.800 para pagar a quantia de R$200 em 72X. Quando faço o meu calculo na calculadora on-line, diz que meu saldo devedor, após ter pago 13 parcelas do referido emprestimo, é de R$ 7.800 (mais do que o valor que peguei emprestado) isso é possível ? Está correto ?
    Abraço !

    • Édher,

      Obrigado pela visita.

      Isto é possível sim, conforme a resolução do Bacen 3516 a taxa Selic é utilizada no cálculo, portanto se na data da contratação a taxa estava muito acima da atual (8,75% a.a.) a taxa de juros ao ano da contratação da operação era maior do que a que está sendo calculado o desconto dos juros vincendos.

      Ex. Taxa Selic na Contratação 12,5% a.a.
      Taxa Selic Atual 8,75% a.a
      A diferença de 3,75% é deduzida da taxa de juros contratada, gerando um desconto menor no cálculo dos juros vincendos.

      Paulo

  11. Possuo empréstimo consignado no banco, solicitei o cálculo para quitação da dívida, agora estou no aguardo da resposta. Seria ótimo que o valor fosse semelhante ao calculado neste site. Mas fico na dúvida, caso não chegue nem perto, o que eu poderei fazer?

    • Lucia,

      Obrigado pela visita.

      Se os dados foram informados corretamente os valores ficarão muito próximos. Os bancos sabem que a informação é algo muito fácil de se conseguir atualmente, portanto não tentam “ludibriar” o cliente nesses casos.

      Mas se tiver alguma dúvida solicite a informação formalmente, por escrito e assinado pelo responsável da agência e leve juntamente com o contrato ao Procon e solicite o cálculo.

      Paulo

  12. Muito bom mesmo..o que nao entendo é porque em novembro de 2011 solicitei junto ao banco um valor para quitaçao, e agora solicitei novamente e deu uns até 3 reais “pra mais” sendo que nesse meio tempo TODAS (as 6) as parcelas foram pagas visto que é desconto em folha de pagamento esta correto isso? eles nao me deram nenhuma explicaçao até agora… Grata

  13. Gostei muito da planilha, meus parabéns pela iniciativa. A sociedade agradece…

    Grande Abraço!

  14. tentei fazer o calculo e não deu certo., coloco a data do ultimo vencimento do contrato ex. 10.04.2016 e aparece a mensagem – A data da quitação não pode ser futura pois não temos como calcular a Taxa selic futura. Alguem pode me informar qual data devo colocar naquele campo?

    • Luiz,

      Provavelmente você deve estar colocando a data no campo:
      Data da quitação antecipada, Neste campo deve ser indicada a data do dia do calculo, pois o sistema utiliza a Taxa Selic informada pelo Bacen, portanto se colocar uma data futura, neste campo, o sistema não encontrará a Taxa Selic.

      Abraços

      Paulo

  15. Muito bom. Me ajudou muito. É otimo eu mesma poder fazer o calculo. Obrigada.

  16. Muito bom mesmo, as pessoas deveriam ter um acesso online junto as financeiras para calcular valores caso queiram quitar suas dividas/debitos.

  17. Excelente!!! Agradeço muito por disponibilizar uma ferramenta tão importante. O governo deveria obrigar todas as instituições de crédito, a ter um terminal para que os cidadãos efetuassem os seus cálculos de forma independente.
    Fica aqui uma sugestão ao Ministério Público de Santa Catarina.

  18. Muito obrigado, muito util a calculadora. Acho um absurdo o método como eh calculado, mas, é o Brasil.

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

%d bloggers like this: