Cheques – Mais rigor na utilização

chequeAté que enfim o Banco Central resolveu mudar os procedimentos para fornecimento, controle e devolução de cheques.

Atualmente não é difícil conseguir um talão de cheques nos bancos e o mais grave, não é complicado para sustá-los por qualquer motivo.

Mesmo em processo de extinção o talonário de cheque ainda é útil em algumas situações especificas, como quando não há comunicação para o uso do cartão.

Mas com a facilidade e segurança dos cartões magnéticos, tanto para o usuário com para o estabelecimento, em conjunto com o uso indevido, por parte de muitas pessoas, os cheques esta caindo em desuso com muita rapidez.

A medida não inverterá esse quadro, mas ajudará na melhora da imagem desse meio de pagamento.

Segue abaixo, na integra, a notícia veiculada no site do Bacen (http://www.bcb.gov.br/noticias/Noticias.asp?noticia=1&idioma=P).

Banco Central coloca em audiência pública regulação sobre cheques 14/9/2009 16:35:00

Brasília – A Diretoria Colegiada do Banco Central decidiu colocar em audiência pública, por sessenta dias, minuta de resolução que trata do fornecimento de cheques a correntistas, oposição ao seu pagamento, devolução pela instituição financeira e cadastro nacional de ocorrências com cheques. Também estará em audiência, minuta de circular que cria motivos de devolução de cheques e altera a descrição e a especificação de motivos já existentes.

A proposta de regulação visa aumentar a segurança na utilização desse instrumento de pagamento. Entre os problemas mais comuns, destaca-se a emissão de cheques sem fundos, cancelamentos e sustações fraudulentas, feitas por terceiros.

Destacam-se as seguintes medidas das minutas:

a) exigência de que as instituições financeiras instituam critérios e condições próprios, visando ao correto uso do cheque;

b) inclusão na folha de cheque da data de sua confecção, com possibilidade de devolução pelo banco sacado caso a emissão ocorra após doze meses dessa data;

c) obrigatoriedade do correntista desbloquear as folhas de cheques, quando o talão for enviado ao domicílio, sem possibilidade de desbloqueio automático pela simples emissão de cheque;

d) exigência de boletim de ocorrência para o cancelamento de folha de cheque em branco roubada ou extraviada;

e) redefinição dos procedimentos para o fornecimento de informações ao beneficiário de cheque devolvido sobre o emissor desse meio de pagamento; e

f) especificação das ocorrências que devem ser objeto de registro no cadastro nacional de ocorrências com cheques, de forma a aumentar a segurança no uso do cheque.

Brasília, 14 de setembro de 2009
Banco Central do Brasil

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: