Cartão de crédito: O que gera tantos problemas?

carteiraQuando o assunto é cartão de crédito a maioria das pessoas responde de imediato: “não quero, prefiro gastar só quando tenho o dinheiro”.

Será que todo esse temor pelo cartão de crédito é justificável?

Qual é a verdadeira função do cartão de crédito?

Como já citei no artigo, Cartão de Crédito: eu preciso de um? o cartão de crédito é apenas um meio de pagamento, que possui como grandes vantagens:

– Prazo para o pagamento de até 40 dias;

– Nenhuma necessidade de comprovação de renda ou domicílio na hora da compra;

– Rapidez no parcelamento de compras, pois não há necessidade de efetuar cadastro;

– Praticidade, de fácil transporte e aprovação da compra por senha ou apenas a assinatura;

– Descrição de todas as despesas em fatura;

– Resgate de prêmios ou milhas de viagens.

O grande problema na utilização do cartão de crédito ocorre quando a sua função como meio/forma de pagamento é desrespeitada e seu usuário o utiliza como extensão do salário, como aqueles que usam o limite de cheque especial da mesma maneira.

As pessoas que utilizam o cartão de crédito de maneira incorreta provavelmente não sabem o que significa planejamento/controle financeiro e simplesmente ignoram a sua condição de honrar seus compromissos futuros.

E as pessoas que possuem o perfil de aplicadores e são totalmente conscientes do que podem e devem gastar, não utilizam o cartão de crédito?

A grande maioria com certeza deve utilizar, pois o cartão de crédito não é para quem não tem dinheiro e sim para todos que saibam usá-lo com segurança.

Outro benefício que o cartão de crédito possui mais poucos tem conhecimento é a rentabilidade do valor utilizado. Como isso é possível?

Vamos considerar uma pessoa que paga todos os seus gastos a vista, como despesas como supermercado, vestuário, alimentação, etc. Não estão incluídas as contas de consumo como água, luz ou telefone. Se os gastos somados são de R$ 1.000,00 por mês com os itens citados e essa pessoa adquiri um cartão de crédito e o utiliza para pagar essas despesas, usufruindo do prazo de 35/40 dias para o vencimento da fatura, o que será feito com o dinheiro que seria usado para pagar essas despesas?

Que tal aplicá-lo?

Considerando que a utilização do cartão de crédito será freqüente, esse recurso ficará aplicado gerando juros e correção monetária.

Portanto o valor utilizado no cartão de crédito pode ou não gerar rentabilidade?

Como ficou demonstrado à utilização do cartão de crédito para pagamento de despesas já existentes no orçamento não traz nenhum malefício ao usuário, mas se o cartão for utilizado para “criar” novas despesas o seu portador provavelmente terá grandes problemas futuramente.

Leia também:

Cartão de crédito: Mocinho ou vilão?

Cartão de crédito: eu preciso de um?

Uma resposta

  1. muito bom o texto.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: